News

33 mortos, 606 casas destruídas em inundações repentinas no Afeganistão em 3 dias

33 mortos, 606 casas destruídas em inundações repentinas no Afeganistão em 3 dias: relatório

Inundações no Afeganistão: O Afeganistão está entre os países mais vulneráveis ​​contra desastres naturais

Cabul:

Pelo menos 33 pessoas morreram depois que neve, chuva e inundações subsequentes causaram estragos no país nos últimos três dias no Afeganistão, de acordo com TOLOnews.

Além disso, 27 pessoas ficaram feridas em consequência das inundações repentinas no país.

“De acordo com estatísticas preliminares, infelizmente, trinta e três pessoas morreram e outras vinte e sete ficaram feridas devido às recentes inundações. Da mesma forma, 606 casas foram parcial ou completamente destruídas”, disse Janan Saiq, porta-voz do Taliban- controlado pelo Ministério Estadual de Gestão de Desastres.

Saiq afirmou ainda que as províncias de Farah, Herat, Zabul e Kandahar sofreram perdas excessivas.

“A maioria das mortes ocorreu nas províncias de Farah, Herat, Zabul e Kandahar, com a maioria das vítimas vindo da província de Kandahar”, disse ele, segundo TOLOnews.

O Afeganistão está entre os países mais vulneráveis ​​contra catástrofes naturais, incluindo inundações, terramotos, avalanches, deslizamentos de terras e secas.

O Ministério de Estado para Assuntos de Gestão de Desastres disse que mais de 22.000 famílias carentes receberam e dispersaram ajuda nacional e estrangeira desde o início do atual mês solar.

O ministério também alertou para o risco de aumento de vítimas de inundações, bem como de mais precipitação de neve e chuva, causando inundações nas províncias nos próximos dias.

(Exceto a manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button