News

Empresa norte-americana AT&T afirma que dados de 73 milhões de clientes vazaram na ‘dark web’

Pelo menos 7,6 milhões de titulares de contas da AT&T e 65,4 milhões de ex-usuários foram atingidos pela violação, afirma a empresa.

Informações pessoais pertencentes a milhões de clientes antigos e atuais da AT&T foram vazadas online, incluindo números de Seguro Social (SSNs), senhas e detalhes de contato, afirma a empresa multinacional.

Num comunicado divulgado no sábado, a rede de telecomunicações – a maior dos Estados Unidos – disse que um conjunto de dados recentemente descoberto na “dark web” continha informações sobre cerca de 7,6 milhões de atuais titulares de contas da AT&T e 65,4 milhões de ex-usuários, totalizando cerca de 73 milhões de contas afetadas. .

Não se sabe se a violação “se originou da AT&T ou de um de seus fornecedores”, disse a empresa.

“Até onde sabemos, os dados comprometidos parecem ser de 2019 ou anterior e não contêm informações financeiras pessoais ou histórico de chamadas”, acrescentou o comunicado.

Todos os 7,6 milhões de titulares de contas existentes cujas informações pessoais confidenciais foram comprometidas foram notificados sobre a violação da AT&T. A empresa disse que já havia redefinido as senhas e estava investigando o incidente.

Além de senhas e SSNs, os dados hackeados possivelmente incluíam endereços de e-mail e correspondência, números de telefone e datas de nascimento, acrescentou a AT&T.

Relatos da violação surgiram pela primeira vez em um fórum de hackers há quase duas semanas. Não está claro se o vazamento está relacionado a uma violação semelhante em 2021 que foi amplamente divulgada, mas que a AT&T não reconheceu.

Na época, um hacker alegou ter acesso aos dados de 70 milhões de clientes da AT&T, incluindo nomes, endereços, números de telefone, SSNs e datas de nascimento.

Dados de leilão em um fórum de hackers revelaram que o hacker tentou vender as informações roubadas por milhares de dólares.

“Se eles avaliarem isso e tomarem a decisão errada, e passarmos anos sem que eles consigam notificar os clientes afetados”, então é provável que a empresa enfrente em breve ações judiciais coletivas, disse o especialista em segurança cibernética Troy Hunt. A agência de notícias Associated Press.

Troy, o criador de Fui sacaneado? – um site que alerta assinantes sobre violações de dados – disse em uma postagem de blog que pelo menos 153 mil de seus clientes foram afetados.

A empresa sediada em Dallas enfrentou desafios no início de fevereiro, depois que uma interrupção interrompeu temporariamente o serviço de telefonia móvel para milhares de usuários.

A AT&T atribuiu o incidente a um erro técnico de codificação, não a um ataque malicioso. Outras redes também foram afetadas, mas a AT&T pareceu ser a mais atingida.



Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button