News

Fortes chuvas e relâmpagos no Paquistão matam pelo menos 50 pessoas

Pelo menos 50 pessoas morreram devido a fortes chuvas e relâmpagos em todo o Paquistão nos últimos três dias, disseram autoridades, enquanto as autoridades declaravam estado de emergência em algumas regiões.

Agricultores que colhiam trigo morreram após serem atingidos por um raio. As chuvas causaram o desabamento de dezenas de casas no noroeste e no leste da província de Punjab.

Arfan Kathia, porta-voz da autoridade provincial de gestão de desastres, disse que 21 pessoas morreram em Punjab, onde são esperadas mais chuvas esta semana.

Khursheed Anwar, porta-voz da autoridade de gestão de desastres na província de Khyber Pakhtunkhwa, no noroeste, na fronteira com o Afeganistão, disse que 21 pessoas morreram lá.

Chuvas torrenciais também atingiram a capital, Islamabad, e mataram sete pessoas na província do sudoeste do Baluchistão. Ruas inundadas na cidade de Peshawar, no noroeste, e em Quetta, capital do Baluchistão.

Rafay Alam, um especialista ambiental paquistanês, disse que chuvas tão fortes em abril eram incomuns.

“Há dois anos, o Paquistão testemunhou uma onda de calor em Março e Abril e agora estamos a testemunhar chuvas e tudo por causa das alterações climáticas, que causaram fortes inundações em 2022”, disse ele.

Em 2022, as chuvas transbordaram os rios e a certa altura inundaram um terço do Paquistão, matando 1.739 pessoas. As inundações também causaram danos de US$ 30 bilhões.

Source link

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button