News

Nove homens sequestrados em um ônibus e mortos a tiros no Baluchistão, no Paquistão

Nove homens sequestrados em um ônibus e mortos a tiros no Baluchistão, no Paquistão

As vítimas foram baleadas à queima-roupa, segundo a polícia. (Representativo)

Homens armados atiraram e mataram nove homens depois de sequestrá-los de um ônibus em uma província problemática no sudoeste do Paquistão, na fronteira com o Afeganistão e o Irã, disseram autoridades no sábado.

Ninguém assumiu a responsabilidade pelo ataque de sexta-feira à noite na província do Baluchistão, no sudoeste do Paquistão.

Grupos militantes separatistas da etnia balúchi na região rica em minerais lutam há décadas contra o Estado, dizendo que este lhes nega a sua parte nos recursos regionais.

Vários homens armados interceptaram o ônibus com destino ao Irã no distrito de Noshki, levando os nove homens com eles depois de determinarem que eram da província oriental de Punjab, disse o policial Abdullah Mengal. “Todos eles estavam viajando para Taftan”, disse ele.

As vítimas foram baleadas à queima-roupa, disse ele.

Seus corpos baleados foram encontrados debaixo de uma ponte depois de uma hora e meia, disse o vice-comissário distrital, Habibullah Musakhail.

Insurgentes étnicos balúchis já assumiram a responsabilidade por assassinatos semelhantes na região, que abriga o porto marítimo de águas profundas de Gwadar, que está sendo desenvolvido pela vizinha China. Os insurgentes também têm como alvo os cidadãos chineses e os seus interesses.

Pequim investiu fortemente em projectos de desenvolvimento regional como parte do seu compromisso de 65 mil milhões de dólares no âmbito do Corredor Económico China-Paquistão.

(Exceto a manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button